5 Considerações Fundamentais Sobre o Uso de Elásticos de Classe I

(Vídeo) Conselhos Importantes para o Uso de Elásticos Intramaxilares de Classe I
Data:

5 Considerações Fundamentais Sobre o Uso de Elásticos de Classe I


I. São aplicados nos dentes de um mesmo arco dentário e, por isso, são chamados de elásticos intramaxilares.

fechamento%20de%20diastemas.png


II. Estão indicados para o fechamento de espaços, retração de dentes, correção de giroversões ou como auxiliares no reposicionamento de dentes ectópicos em diferentes mecânicas ortodônticas.

func807o771es%20dos%20ela769sticos.png


III. A correção de giroversões dentárias poderá ser feita, entre outras maneiras, através de um binário de força utilizando para isto, elásticos de Classe I. Para tal, é necessário a utilização de botões colados na face vestibular e lingual do dente girado, bem como nos dentes vizinhos, associada ao uso de elásticos.

Greg%20Asatrian.png
Caso Clínico de Greg Asatrian


IV. Outra utilização dos elásticos é como coadjuvante de diferentes mecânicas ortodônticas ou associado a minimplantes. Em caso de necessidade de retração e intrusão simultânea de incisivos, o elástico poderá ser utilizado obliquamente para criar uma força de distalização e intrusão nos dentes ântero-superiores.

minimplantes%20e%20elastico.jpeg


V. O tracionamento de dentes inclusos com o auxílio de elásticos associados à placa de acrílico removível ou aparelhos fixos apresenta-se muito favorável e de grande aplicação clínica. Quando se utilizam aparelhos removíveis, Cabrera et al indicam uma força de 100 - 150 gr/F, com a vantagem da utilização de ancoragem dentomucosuportada.

OBS. Uma curiosidade: Os elásticos em cadeia, elásticos corrente, power chains ou alastiks estão disponíveis em várias espessuras, cores e tamanhos. Quanto a este último ítem, eles poderão ser fechados (short), curtos (medium) ou longos (long). A diferença básica, neste caso, está na distância entre os elos; ou seja, os elásticos fechados apresentam 2,8 mm de distância entre seus elos, enquanto os curtos têm 3,5 mm e os longos, 4,0 mm. Esta variedade de tamanhos é importante devido as diferentes distâncias inter-braquetes que coexistem em um mesmo ambiente.

tipos%20de%20ela769sticos%201.png

Embora não seja uma regra, no caso do arco superior, por exemplo, a distância entre os braquetes é maior (devido ao maior tamanho mésio-distal das coroas dos mesmos), e desta forma, o uso de elásticos em cadeia longo é mais indicada. O oposto acontece no arco inferior, onde a distância inter-braquetes é menor. Desta forma, são mais utilizados alastiks fechados. Por fim, elásticos curtos apresentam uma distância intermediária entre seus elos e poderão ser utilizados em ambos os arcos.

Por fim, vale destacar que elásticos de diferentes tamanhos quando distendidos na mesma quantidade produzirão diferentes níveis de força devido aos seus índices de deformação plástica diferentes. Uma boa dica para diminuir a inconstância de suas forças liberadas é pré-distender os elastiks (deformando-os nas mãos) antes de instalá-lo definitivamente nos arcos de seu paciente.

Assista o fantástico vídeo de Greg Asatrian - Braces Power Chain to Rotate Canine Teeth

FONTE: Considerações clínicas e biomecânicas de elásticos em Ortodontia - Lívia B. Loriato; André Wilson Machado; Wellington Pacheco - R Clin. Ortodon Dental Press, Maringá, v. 5, n. 1 - fev./mar. 2006.

VÍDEO: Greg Asatrian

CONSIDERAÇÕES E DICAS: Giovanni de Carvalho