Sistema de Planejamento de Casos Clínicos - Sequência de Tratamento de Caso Clínico com Agenesias

(Relato de Caso Clínico) Um passo-a-passo para o tratamento de casos com múltiplas agenesias
Data:

Sistema de Planejamento de Casos Clínicos - Caso com Múltiplas Agenesias

O portal Manhattan é um site especializado em consultoria de casos clínicos em Ortodontia. Contamos com uma grande infraestrutura interna (banco de dados com mais de 2 mil casos tratados, 5 professores qualificados e um blog atualizado) para aqueles (estudantes, profissionais e/ou clínicas) que buscam excelência nos planejamentos de seus casos. Trata-se de um roteiro minucioso sobre o passo-a-passo de como executar seu caso clínico com mais assertividade.

Desta forma, este portal não só auxilia o ortodontista a planejar o tratamento de seus pacientes, como serve de ferramenta para o aprendizado desta etapa, utilizando o estudo de seus próprios casos clínicos como principal instrumento.

Abaixo, relatamos o passo-a-passo proposto pelo site Manhattan para o tratamento de um caso clínico com ausência de dois incisivos laterais superiores e dois segundos pré-molares inferiores, bem como a sua execução. Caso clínico tratado pelo MSc. Giovanni de Carvalho.

Copia%20de%20Logomarca%20Manhattan%20ver

Relato de Caso Clínico

Diagnóstico


Paciente T.S.B., sexo feminino, 15 anos e 2 meses de idade, procurou tratamento ortodôntico com a queixa principal de "Meus dentes não se tocam e meu lábio está muito para fora".


Na avaliação facial, verificou-se perfil convexo, selamento labial ativo, ângulo nasolabial normal, sulco mentolabial raso (causado pela eversão do lábio inferior), linha do sorriso agradável, ângulo cervical indefinido, linha mento-pescoço encurtada e sem assimetrias.

1(7).png

A avaliação esquelética revelou relação de Classe I esquelética (ANB = 0º), com a maxila e mandíbula bem relacionadas com a base do crânio (SNA = 80º e SNB = 80º), e padrão de crescimento desequilibrado, com tendência vertical de crescimento facial (SN.GoGn= 40º).

2(6).png

A radiografia panorâmica demonstrou a presença de todos os dentes permanentes irrompidos, com exceção dos terceiros molares (ausentes), dos incisivos laterais superiores (#12 e 22) e dos 2º pré-molares inferiores (#35 e #45).

3(7).png


Com relação ao aspecto dentário, a paciente era portadora de uma má oclusão de Classe II, 2º divisão de Angle com retroinclinação dos incisivos centrais superiores, linhas médias coincidentes, mordida aberta anterior de 2mm e trespasse horizontal negativo de 1mm.

Porém, a característica mais marcante eram as agenesias bilaterais dos incisivos laterais superiores e a presença dos 2º molares inferiores decíduos em idade tardia (onde mais tarde, ficou evidenciada a agenesia bilateral dos 2º pré-molares inferiores, através da análise da radiografia panorâmica).

4(5).png

Por sua vez, as imagens radiográficas periapicais revelaram adequada saúde radicular e óssea.

6(2).png

Objetivos do Tratamento

Foi utilizado como auxiliar no planejamento da paciente T.S.B, o portal de consultoria online Manhattan (www.planejamentocasosclinicos.com) que pautou os seguintes objetivos:

Alinhamento e nivelamento dos arcos dentários, mesialização de toda a bateria superior, exodontia dos molares inferiores decíduos e retração da bateria ântero-inferior através de ancoragem esquelética.

Conjuntamente ao fechamento dos espaços das exodontias inferiores, preconizou-se o uso de elásticos intermaxilares para favorecer a mesialização superior e o fechamento da mordida, através da rotação anti-horária da região ântero-inferior. Segue o planejamento sugerido e as respectivas fotos da evolução do caso:

1%20folha.png

Evolução do Tratamento


Apesar de, em um primeiro momento, ter sido aventada a possibilidade de se indicar a paciente para uma abordagem orto-cirúrgica; devido ao pouco comprometimento da face, foi optado a compensação dento-alveolar como melhor alternativa de tratamento.


Arcada Superior


Primeiramente, foi montada convencionalmente a aparatologia fixa do tipo Edgewise Standard (0,022" x 0,028") de prescrição Biofuncional (para o controle da inclinação dos incisivos, após o uso intenso de elásticos intermaxilares).

As duas únicas alterações foram a colagem dos braquetes dos caninos invertidos para possibilitar um ganho de torque nestes dentes de 2° graus, mais próximos às inclinações naturais dos incisivos laterais superiores e; a colagem de botões ortodônticos nas faces linguais dos incisivos e caninos superiores.

Em seguida, realizou-se bandagem e cimentação dos dentes #16, #26. Os segundos molares não foram incluídos por apresentarem suas posições satisfatórias e para não oferecerem resistência ao movimento de mesialização dos dentes posteriores.

folha%202.png

A sequência de fios utilizadas na fase de alinhamento e nivelamento foi o 0,014", 0,014" x 0,025", ambos de níquel titânio; seguidos pelos fios de aço, 017" x 025" e 019" x 025".


Ainda no início do alinhamento do arco superior, dois "stops" ortodônticos foram inseridos no fio 0,014" de NiTi, próximos às mesiais dos tubos dos primeiros molares para impedir que os dentes anteriores retroinclinem no momento da mesialização das baterias posteriores.

Estes "stops" foram fixados mantendo o fio cerca de 1 milímetro a frente dos incisivos. Desta forma, ao perder sua deflexão, o fio ortodôntico proclinaria os dentes anteriores, ajudando no descruzamento da mordida.

conduc807a771o%201.png


Em seguida, elásticos 1/8" foram instalados nas faces palatinas dos dentes ântero-superiores até os ganchos dos acessórios inferiores (dentes #33, #32, #42 e #43), como preconizado pelo protocolo de tratamento da prescrição Biofuncional, para a correção precoce da inversão do articulado dentário.


Após a troca pelo arco de níquel titânio 0,014" x 0,025", foi iniciada a mesialização dos dentes posteriores. Para tal finalidade, fios 0,25 mm conjugaram os caninos e incisivos centrais enquanto dois elos de elástico corrente (alastik) tracionavam os elementos dos segmentos posteriores, dente-a-dente.

folha%203.png

Arcada Inferior


Em primeiro lugar, foi montada convencionalmente a aparatologia fixa do tipo Edgewise Standard (0,022" x 0,028") de prescrição Biofuncional, sem nenhuma alteração. Em seguida, realizou-se bandagem e cimentação dos dentes #36, #46.


A sequência de fios utilizadas na fase de alinhamento e nivelamento foi a mesma utilizada para o alinhamento do arco superior, porém, ao contrário do primeiro, os dentes posteriores foram mantidos unidos com amarrilho metálico e com dobras distais evitando a proclinação dos incisivos, durante esta primeira etapa do tratamento.


Em seguida, foram extraídos os segundos molares inferiores decíduos (dentes #75 e #85), instalados dois mini-implantes nas regiões das exodontias e confeccionado um arco 0,019" x 0,025" de aço inoxidável para retração em massa, com ganchos na distal dos incisivos laterais, que serviram de apoio para as molas NiTi fechadas para retração.

cond%204(1).png

Neste momento, elásticos intermaxilares também foram empregados para ajudar a mesialização dos dentes superiores, a retração da bateria ântero-inferior e permitir um giro anti-horário da mandíbula, favorável ao fechamento da mordida.

folha%206.png

retrac807a771o.png

Após a retração, removeu-se os mini-implantes e confeccionou-se arcos 0,019" x 0,025" de aço, com forma e torques ideais e coordenados para finalização do tratamento. Empregou-se elásticos intermaxilares de intercuspidação posterior (3/16" pesado) e (5/16" médio), e instalou-se barra intercaninos fixa inferior (3 x 3) após a remoção.

folha%207.png

Após a retração, removeu-se os mini-implantes e confeccionou-se arcos 0,019" x 0,025" de aço, com forma e torques ideais e coordenados para finalização do tratamento.

Empregou-se elásticos intermaxilares de intercuspidação posterior (3/16" pesado) e (5/16" médio), e instalou-se barra intercaninos fixa inferior (3 x 3) após a remoção.

intercusp_1.png

folha%208.png

final1.png

Por fim, a paciente T.S.B foi encaminhada para a finalização estética dos dentes anteriores com especialista indicado (Dr. Allysson Fonseca).

Os procedimentos desta última fase envolveram genvivoplastia dos dentes #14, #13, #11, #21, #23 e #24, seguidas de reanatomização estética com resinas híbridas nos mesmos elementos.

reanatomizac807a771o.png

Resultados Obtidos


Faciais

Notou-se uma melhora do perfil facial com a melhora do sulco mento-labial, perfil reto, melhora do contorno mento-pescoço e do ângulo cervical que ficou mais definido, boa linha de sorriso, com melhores inclinações dentárias e boa disposição dos dentes na arcada.

face%20final.png

Dentários

Correção do relacionamento de molares de ambos os lados (agora em Classe I), retração dos incisivos inferiores com correção do trespasse horizontal; molares inferiores mesializados sem extrusão; correção do apinhamento superior e inferior; obtenção de espaço na arcada para acomodação dos dentes #14 e #24 em chave de caninos; verticalização de pré-molares e molares inferiores; obtenção de sobremordida adequada através de extrusões anteriores controladas, simetria dentária e linhas médias coincidentes.

As arcadas tiveram discreta expansão, com manutenção da saúde radicular e óssea.

Por fim, adequação do diâmetro mesiodistal dos dentes anteriores, eliminando a discrepância de Bolton existente e obtenção de uma correta anatomia dos dentes anteriores através da reanatomização estética pós-tratamento.

Sobre o autor:

gio2.png

MSc. Giovanni de Carvalho

Nosso C.E.O possui graduação em Odontologia pela Fundação Universidade de Itaúna (2002), pós graduação em Ortodontia, Implantodontia e Cirurgia Oral Menor, especialização em Ortodontia e Ortopedia Facial , mestrado em Ortodontia pela Faculdade Ingá - Maringá/PR. Foi Professor e Sub-coordenador do Curso de Especialização em Ortodontia da Ortoprev / São Leopoldo Mandic - Ipatinga. Atualmente é coordenador e professor dos cursos de especialização do Centro de Estudos e Tratamento da Odontologia (CETRO/BH).

Foi o idealizador e proprietário da plataforma de ensino Cetro Online. Proprietário de Consultório Particular, colaborador científico dos braquetes Infinity, palestrante e autor de diversos artigos. É membro atuante do conselho editorial da revista científica Journal of Oral Health and Dental Care. Idealizador, proprietário e produtor de conteúdo da plataforma de ensino Manhattan - Consultoria de Casos Clínicos.